terça-feira, 18 de maio de 2010

Extrato de Baunilha caseiro - Um extrato para chamar de seu!


Cansada das imitações de baunilha? Cansada da falta de glamour nas suas sobremesas? Você está a procura de novos sabores e aventuras para agradar o paladar? Chegou a hora de fazer o Extrato de Baunilha caseiro o único com aroma verdadeiro!
Depois da breguiçe inicial e sabedora que você já foi devidamente apresentado a fava de baunilha que tal aprender a fazer um extrato com elas?!?
Em terras tupniquins a dificuldade de achar um extrato de baunilha é máxima (e quando a gente acha preferiria não ter achado porque o precinho é fura bolso total). Lembra da nossa amiga fake conhecida pelo codinome de “aroma ARTIFICIAL DE BAUNILHA” e que não serve para nada, nada mesmo!?! Então, chegou a hora de arregaçar a manga e dizer adeus para a artificialidade! Vamos fazer nosso extrato chiquérrimo. Um extrato para chamar de seu!
É bem fácil de fazer e você vai notar imediatamente a diferença na qualidade das suas receitas. No extrato o sabor da baunilha é transferido para o álcool como um perfume. Não sinta medo de utilizá-lo pois não tem erro é a mesma medida que a receita pede de essência.
 Vamos à alquimia...

Extrato de baunilha

Ingredientes
- 250ml de vodka (eu usei absolut porque era a única que eu tinha e já morri 7 vezes desde então). Você pode comprar aquela mais breguinha desde que tenha em torno de 40% de álcool;
- 2 favas de baunilha. (sempre na proporção de 2 para cada 250ml de bebida). Pode usar a fava para extrato. Não precisa ser do tipo prime a tipo B é mais barata e tem o mesmo efeito, sem contar que quanto menos água tivermos no extrato melhor;
- Um recipiente de vidro esterilizado de preferência de cor escura.
- Um pilão amigo;
- E se você é desastrado um funil.

Modo de preparo
1)Abra as favas de baunilha com a pontinha de uma faca remova as sementes.
2)Pegue uma das favas pique em 4 partes e pile com 1 colher de vodca.
3)Coloque tudo no vidro.
4)Complete com a vodca, tampe e misture muito bem.
5)Guarde em local fresco ao abrigo de luz por no mínimo dois meses.
6)Importante: Sacuda a garrafinha todos os dias. É um bom exercício para a memória, toda vez que lembrar dá uma sacudida no extrato. Eu sugeri todo dia sabendo que esse número vai se reduzir para duas vezes por semana mas faz de conta que você não leu isso!

Explicação do processo
Essa receita aprendi com um grande amigo que mais bebia a vodka do que fazia o extrato! O Renato sempre fazia um litro de extrato e deixava a mistura curtir por 6 meses. Daí então ele coava metade do extrato e distribuia em cinco vidros de 100ml. A baunilha que ficou no coador voltava para o extrato. Daí ocorria um processo de restauração, as favas muito velhas eram retiradas e novas favas eram adicionadas, ele completava a garrafa com vodka e voltava o extrato para o exílio que não precisava ser longo. E as garrafinhas de 100ml ganhavam etiquetas e novos lares ou iriam para as prateleiras da cozinha. Aprendi assim e gostei do resultado. Eu preparei um litro mas estou passando a receita para 250ml a fim de facilitar a vida.

Dicas fofinhas

Variação
Você pode soltar a imaginação e ousar, usando outros tipos de bebidas sempre super alcoolicas (40% de álcool) tipo bourbon, conhaque, gin, cachaça(!?!)...ou adicionar aromas como canela, lavanda (que chic), rosas... e por aí vai mas se você for fazer isso eu aconselho a fazer em embalagens menores.

Reutilização de favas
As favas velhas que você for retirando do extrato podem ser guardadas no pote de açúcar para aromatizá-los. E as favas já utilizadas em cremes e em outras receitas podem ser bem lavadinhas e sequinhas e reutilizadas aqui.

Antes de terminar eu vou responder a sua pergunta. Mas por que a vodca?
Porque é a bebida álcoolica que tem menos sabor e consequentemente é a que menos vai interferir no aroma da baunilha e tem a concetração de álcool ideal que é a de 40%. Você pode usar álcool de cereais também. Eu nem penso nessa hipótese dá impressão que eu estou tomando produto de limpeza! Algo bem psicológico.

Rótulo
Ao final da cura, daqui há uns 2 meses vou preparar uns rótulos bem bacanas para enfeitar as nossas garrafinhas. Aguardem as novidades.

Ooopsss.... esqueci de explicar como se opera a fava. Guenta aí!

19 comentários:

  1. Oi de novo! Meu marido fez o extrato e ainda não testamos, ele pegou a receita em outro lugar que não dizia para tirar as sementes, você acha que vai estragar o extrato? E como posso armazenar as sementes para usar depois?
    Obrigada pelas respostas!
    Bjs

    ResponderExcluir
  2. Flávia, a semente a gente retira e coloca dentro do vidro! Na realidade a gente usa tudo! As sementes não estragam o extrato pelo contrário a semente é o que há de mais precioso na fava! Bjks

    ResponderExcluir
  3. Sam,adorei!
    nas receitas que tiver "extrato de baunilha" se eu não tiver posso usar essência na mesma proporção? beijos. Célia

    ResponderExcluir
  4. Oi, Célia. Pode usar na mesma proporção sim. Bjks

    ResponderExcluir
  5. Oi Sam! Obrigada pela dica!!! Beijos, Juliana.

    ResponderExcluir
  6. Sam, e o gosto/cheiro de alcool na hora de usar comofaz?
    Fiz essa receita do extrato e usei em um bolo hoje (depois de 3 meses curtindo) e o bolo ficou com cheiro (e um pouco de gosto) de alcool >.<

    ResponderExcluir
  7. Monique, estranho isso. Muito estranho! Geralmente o álcool evapora e só fica o gostinho da baunilha. Me mande um e-mail para conversarmos. Bjks

    ResponderExcluir
  8. Onde encontro a fava? Obrigada

    ResponderExcluir
  9. Oi, anonimo. Tudo bem? É possivel encontrar favas até nas lojas americanas online e no mercado livre!!! A que vende na loja americana da marca Nomu é maravilhosa, em mercadinhos tipo Santa Luzia, empórios e na Bombay costuma ter também. Bjks

    ResponderExcluir
  10. Ana disse: Achei!!! Aqui em Brasília encontrei no Ceasa na Loja Queijos e doces Brasília.

    ResponderExcluir
  11. Ana disse: Quase caí da cadeira quando pesquisei no mercado livre e encontrei fava a R$ 2,oo. Paguei 2 por R$ 15,00...É, isso mesmo...Na hora achei caro, mas não estava encontrando em lugar nenhum e não tinha noção nenhuma do preço. Comprei 4, acredita? Fazer o quê...Na próxima consulto o preço antes...Vivendo e aprendendo.
    Agora só falta o pilão...rs

    ResponderExcluir
  12. Oi Sam, vc já experimentou usar o Absolut de baunilha neste processo?? Deve ficar uma delícia!! bjs

    ResponderExcluir
  13. Beatriz, que perigo! Já pensou?!?! Isso pode colocar meu fígado em risco! Hahahahahahah... Bjks

    ResponderExcluir
  14. OI..eu acabei de fazer a minha..
    Também não retirei as sementes, somente abri as favas com uma faca e coloquei no vodka.
    Vou aguardar, o resultado.
    att

    ResponderExcluir
  15. oi Sam,

    sou uma privilegiada. Tenho minha própria plantação de baunilhas. Isto, o "meu Sr. Pudim" é quem cuida, faz a polinização manual e depois todo o processo de esterilização e secagem das favas. Quer que eu te envie umas fotos? E a vodka é, absolut, a melhor bebida para o processo. Naõ esquece de avisar o pessoal que fica uma delicia colocar favas no açúcar de depois usar nos cupcakes, etc. Não jogar fora, nunca, basta ir repondo o açúcar. Abraços. Elaine Jungbluth

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ellaaaaaaaaaaa, eu quero fotos e baunilha! Por favor?! Me vende umas... tô com uma última fava e já ia comprar mais! Tô curiosíssima. Me passa um e-mail?! fofurice@gmail.com Bjks e bom final de semana!

      Excluir
    2. Ella, tudo bem ?
      Por favor, também deejo obter as favas. Como faço?
      Beijos
      Miriam Mansur

      Excluir

Comentários fofinhos!!!